Domingo, 17 de Março de 2013

Infias 1 - Gémeos 2 (Int. 90 mt.)

campo infias

Em jogo da meia-final da taça amizade a equipa do Grupo Desportivo de Gémeos deslocou-se a Sto. Adrião para defrontar a equipa do Infias, no jogo de acesso à Final da Taça Amizade.

 

 

Em antevisão a este jogo o nosso adversário divulgava no seu site que ‘'o favoritismo está do lado do CCR Infias, que joga em casa e esta época é das equipas mais forte do futebol popular de Guimarães. Os pupilos de Óscar Eduardo terão de mostrar em campo, porque são uma equipa temível para qualquer adversário e juntamente com o forte apoio dos seus adeptos, serão um complicadíssimo obstáculo para a formação dos Gémeos.''

 

 

A realidade do jogo foi bem diferente da sua antevisão, pois a equipa do Gémeos que joga no escalão secundário, foi em todo o jogo sempre superior ao seu adversário (na casa destes), pecando somente por não ter materializado todo esse domínio em maior número de golos marcados.

 

 

Para este jogo foi nomeado o árbitro Filipe Pires, o mesmo que tinha apitado o jogo Atães-Gémeos à duas semanas atrás quando a nossa equipa perdeu por 1-0 e praticamente sentenciou as aspirações de uma possível subida.

 

 

Este árbitro de Sendim-Felgueiras que em tempos jogou na equipa dos Unidos a S. Paio (S. Paio Vizela) que realizava os seus jogos em casa no campo do Gémeos, sempre que apita os jogos do nosso clube somos prejudicados...os motivos para tais atitudes são desconhecidos, ele que até já jogou com alguns dos nossos jogadores (Alex e Caça) que na altura jogavam na equipa dos Unidos a S. Paio prejudica sempre a nossa equipa com as suas actuações.

 

 

Já não é do seu tempo, mas em Gémeos com a passagem da auto-estrada foram destruídas muitas zonas de pasto, os criadores de gado deslocalizaram as suas explorações agrícolas, deixando de existir vacas leiteiras na freguesia... 

 

 

Neste jogo com todo o favoritismo para o lado do Infias, aos 82 minutos o jogo estava empatado 1-1 quando Bruno passa por Manolo (já foi guarda-redes e agora é defesa, não é do nosso conhecimento que este jogador tenha regras específicas que o proteja) ficava isolado quando este corta a bola com uma palmada, visível aos olhos de todos, O ÁRBITRO ERA IMPOSSÍVEL NÃO TER VISTO, porque estava junto da jogada, nada foi assinalado, não foi marcada falta nem foi dada ordem de expulsão ao jogador do Infias, nos protestos quem acabou expulso foi o nosso jogador Alex.

 

 

O jogo prossegui com normalidade, com a nossa equipa em inferioridade numérica, tudo estava encaminhado para uma vitória da equipa da casa, quando num lance mal calculado pelo guarda-redes do Infias a bola passa por cima dele sem que a consiga agarrar, Pascal consegue ganhar a bola nas suas costas junto da linha, cruza para Bruno que faz o 1-2 em cima do minuto 90, golo validado pelo árbitro e seu auxiliar.  

 

 

 

Nos festejos do golo, Pascal festeja de forma exuberante junto do banco de suplentes do Infias, estes entram em fúria e todo o plantel corre atrás dele para o agredir, no entanto este só é parado com a entrada dos adeptos do Infias no terreno de jogo, agredindo o nosso jogador, os restantes jogadores tentam defender-se de uma autêntica batalha campal, onde o árbitro auxiliar junto à rede também foi agredido...O árbitro fugi para o balneário e terminou o jogo.

 

 

Agora vamos ver o que decide o conselho de disciplina da AFPG, conselho este que tem na sua gaveta um protesto do G. D. Gémeos de um caso surreal no futebol populal actual, onde a equipa do Nespereira utilizou no jogo com o Gémeos um guarda-redes que não esta inscrito no futebol popular e jogou com o nome de outro jogador...

 

 

Tudo o que se possa passar a seguir, com decisões em função da nossa pequenez em campos onde não temos domínio, terão sempre um parecer final do nosso clube, o nosso prestígio, humildade e grandeza assim o exigem.

 

protesto jogo

publicado por gddegemeos às 10:30
link do post | comentar | favorito

links