Terça-feira, 26 de Maio de 2009

Crónica Nespereira-Gémeos

A partida para a 20.ª Jornada e com o aproximar do final do campeonato, este era um jogo de especial importância, tanto para o Nespereira que luta pelo título, como para o Gémeos que luta pela permanência.


Assim o deveria ser considerado pelas duas equipas, mas também pela organização da prova, que deveria nomear uma boa equipa de
arbitragem e não uma equipa de arbitragem, onde o seu chefe de equipa (árbitro auxiliar) é o um dos piores elementos da arbitragem do Futebol Popular em Guimarães.

Sempre o conhecemos pelos piores motivos, foi o árbitro principal ao jogo Abação-Gémeos, esta época, com todos os episódios já aqui relatados...sempre que o encontramos as suas prestações foram "desastrosas".

 

Também nunca esqueceremos um jogo Cano-Gémeos, na época de 2005/2006, onde já tinhamos garantido a subida de divisão, jogavamos com um adversário que em caso de vitória se colocava  também em boa posição de subida.

Ao intervalo venciamos por 0-2, na volta para a segunda parte além de expulsar 2 atletas dos Gémeos, houve decisões muito estranhas e permitiu a reviravolta para o 4-2.

No final do jogo não havia consenso entre árbitros, e ele e outro elemento da equipa de arbitragem foram embora, abandonando o outro seu colega que compunha esse trio, por este achar que foi demasiado evidente o favorecimento que proporcionaram a equipa da casa, e quem teve que levar o outro elemento a casa no seu carro, foi o nosso dirigente.

 


Este sábado, os erros que cometeu e as palavras que proferiu aos elementos do nosso plantel, não são de quem deve estar a ajuizar um jogo de futebol, mas sim de quem quer constantemente destabilizar os intervenientes no mesmo.

Não sendo o árbitro principal, neste jogo, mas sim auxiliar e chefe de equipa, consegui:


- Anular o golo que daria 1-1 ao Gémeos, onde o nosso jogador está em posição legal e é assinalado fora de jogo.

- No 3-0 o  jogador que recebe a bola que dá o cruzamento para o auto-golo, está claramente em fora de jogo, isto mesmo junto ao fiscal de linha e ao banco do Nespereira, mas nada assinalou.


- No 4-0 deixou passar novo fora de jogo, onde estavam 3 jogadores do Nespereira em posição irregular.


- Disse ao nosso capitão para o agredir que teria todo o gosto em mencionar no relatório.


- Ameaçou o nosso delegado dizendo que o expulsava, porque já o tinha expulsado por muito menos (curiosamente em muitos anos foi o primeiro e único a fazê-lo)


- Mandou expulsar o nosso Treinador


- Chamou constantemente o árbitro da partida para a amostragem de cartões aos nossos jogadores, e o que dizia o árbitro era que tinha de respeitar todas as decisões dele pois era o seu chefe de equipa.


- Assinalou um fora de jogo, num lançamento lateral que isolava um jogador do Gémeos (isto para quem é chefe de equipa é nota máxima).


- Passeou ao colo, um filho de um jogador do Nespereira antes do reatar da Segunda Parte do jogo.


- Estragou por completo o jogo.


- Deu uma péssima imagem do que é o actual Futebol Popular em Guimarães.


Não deveria ser normal também, chegar as instalações de um clube para iniciar um jogo, e ver o presidente da casa, a conversar durante 15 minutos dentro da cabine dos Árbitros.


Quero aproveitar para referir, que actualmente o nosso clube é liderado  por uma comissão administrativa, pelo seu segundo ano consecutivo, com um número reduzido de elementos, somos poucos para muitas tarefas.
Antes de entrar em campo para um jogo, já temos feito um longo trabalho de preparação do mesmo, pois também somos jogadores.
É com um empenho redobrado que lutamos dia a dia para criar condições, que nos permitam chegar ao fim de semana e lutar de igual para igual com os nossos adversários.
Nesse aspecto temos conseguido, apesar de não termos tido um bom início de época, dentro do recinto de jogo não nos sentimos
inferiores a qualquer adversário, e se os resultados traduzissem somente o desempenho futebolístico de cada equipa, não era
este o lugar que ocuparíamos actualmente na classificação.
Hoje os resultados desportivos traduzem-se cada vez mais, pelo que conseguem os seus dirigentes, e cada vez menos, o esforço e entrega dos jogadores e da sua equipa técnica.
Por isto, e porque ainda não foi encontrada uma solução directiva definitiva para o nosso clube.
A actual comissão administrativa irá deixar de lutar, por aquilo que não tem capacidade de igualar com os restantes adversários. (A luta dos dirigentes)
Provavelmente e perante esta realidade o G. D. de Gémeos, na próxima época será uma das equipas a não constar nos campeonatos da AFPG.
Caso não saibam, mas é bom relembrar, que o G. D. de Gémeos foi uma das equipas fundadoras do Futebol Popular em Guimarães, sempre pautou pela sua dignidade, ajudou certamente no crescimento desta Associação, mas o rumo que actualmente está a ter este futebol, não se identifica com este sério e honroso clube.

 

publicado por gddegemeos às 11:55
link do post | comentar | favorito

links